VídeosFotosUma vez o Chacrinha perguntou se eu já tinha desfilado numa Escola de Samba, como eu nunca tinha saído, ele me disse pra ir na Mocidade Independente de Padre Miguel.

Pensei que eu fosse sair numa ala, não sabia o samba e muito menos o enredo… Tiraram minhas medidas e me pediram para ir com uma sandália prateada. Cheguei mais cedo, não tinha visto ou provado a fantasia. Fui com uma sandália prateada alta, normal e o carnavalesco Fernando Pinto (o mestre dos mestres) me colocou num biquine de strass e com apenas uma pluma na cabeça! Me colocaram na frente da bateria. Eu não tinha idéia da responsabilidade que estava sobre meus ombros e rebolados! A sandália saía do pé e machucava, eu parava pra consertar o tempo todo, principalmente na frente da câmera da Globo, que eu não tinha idéia de onde ficava. Ficamos em 2° lugar e tivemos que desfilar novamente, nas campeãs! Levei a maior bronca por causa da letra do samba e da sandália! Mas eu estava em todos os jornais e revistas! Que susto! Apredi o samba, comprei uma sandália de passista e assumi o posto de primeira Madrinha de Bateria. O enredo era “Mamãe eu quero Manaus”.

No ano seguinte fomos campeões com “Ziriguidum 2001”, em 85. Foi a primeira vez que alguém desfilou sem sutien! Na hora, uma das estrelas de strass quebrou! Pintei o peito com uma estrela prateada!

Em 86 desfilei com uma fantasia de gato, a fantasia mais copiada de todos os tempos!

Me despedi da Mocidade, com o enredo Tupinicópolis em 87.

Depois, fui ser madrinha da São Clemente em 88… Desfilei grávida da Bárbara, na frente da bateria da São Clemente em 91.

Também fui madrinha da Estácio… e fomos campeões! O único título da Escola, em 92, com o enredo Pauliceia Desvairada.

Desfilei alguns anos na União da Ilha do Governados, onde fui até porta bandeira de topless! Pra isso ensaiei com um professor, meses! Desfilei como madrinha de bateria da Grande Rio… na minha despedida como madrinha em 97.

Depois saí algumas vezes como destaque de carro… Não sinto mais aquele arrepio na espinha, o Carnaval mudou muito! Mas adoro assistir!

O espetáculo mais lindo do mundo!